Polícia Civil prende suspeito de mais de dez roubos a ônibus

Postado em 19/05/2017 7:13

A Polícia Civil de Minas Gerais, em Betim, prendeu Bruno Francisco Marques (conhecido como “Escorpião”), suspeito de ser o responsável por mais de dez roubos a ônibus coletivos na cidade.

Em um dos casos, quando o veículo foi abordado por policiais rodoviários federais, Bruno chegou a efetuar disparos contra os agentes. As ações de roubo em todos os casos eram muito violentas e tinham como vítimas tanto funcionários quanto passageiros do coletivo.

No dia 25 de março deste ano, por volta das 14h, na Rodovia BR-381, em Betim, Bruno e  seu comparsa Antônio Pereira Santos Júnior (conhecido como “Juninho”), com auxílio de um adolescente de 15 anos, embarcaram em ônibus coletivo da linha 3957 (Eldorado/Mateus Leme), ocasião em que Bruno permaneceu na parte dianteira do ônibus apontando uma arma de fogo para cabeça do motorista do coletivo. Enquanto isso, os outros dois comparsas direcionaram-se para a parte traseira do veículo, onde um deles sacou uma pistola e, com emprego de extrema violência e grave ameaça, iniciaram o assalto, subtraindo dinheiro e aparelhos celulares de todos os passageiros.

 

Policiais rodoviários federais, que realizavam patrulhamento de rotina em torno da Rodovia BR-381, perceberam que o motorista do ônibus piscou os faróis com objetivo de alertá-los, ocasião em que a guarnição policial desembarcou e aproximou-se do coletivo. Os suspeitos pularam do coletivo, ainda armados, e levando todos os bens roubados.

 

Os policiais iniciaram procedimento para abordá-los, momento em que Bruno, ao perceber que seria preso, efetuou disparo de arma de fogo contra um dos agentes, que, atordoado, não conseguiu evitar a fuga do suspeito. Bruno entrou em um veículo Fiat Uno e partiu em alta velocidade em direção ao bairro PTB.

 

Toda a ação criminosa foi registrada no sistema interno de segurança do ônibus.

 

Monitoramento

 

Antes do término das investigações, e já sendo monitorado pela PCMG, Antônio Pereira foi assassinado após tentativa de roubo contra um policial militar, no dia 03 de maio, em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 

Após mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça, Bruno foi finalmente preso em Betim.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
%d blogueiros gostam disto: