PM de Nova Serrana prende autor de homicídio em Perdigão com armas e droga

Postado em 13/11/2017 16:17

A Polícia Militar de Nova Serrana realizou nesta segunda-feira (13), a prisão de um homem suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e autor de um homicídio ocorrido no último domingo (12), na cidade de Perdigão. O homem foi preso em casa, no bairro Santo Agostinho. O homem foi preso em casa, no bairro Santo Agostinho. No imóvel foram encontrados uma TV de 49 polegadas, um saco plástico e 62 sacos plásticos. Sobre a TV, o homem disse ter comprado de um indivíduo que atualmente encontra-se preso. A aquisição entrou em uma dívida que o homem tinha com ele sobre drogas como maconha e cocaína.

Questionado sobre o envolvimento no homicídio em Perdigão, o homem disse que estava na casa da namorada. A mulher foi localizada e presa por posse de arma de fogo ao revelar que o namorado ia para a casa dela armado. No imóvel foram encontrados um revólver calibre 38 sem munições e uma pistola calibre 380 com 10 munições. Sobre a presença do namorado na casa no dia do homicídio, a mulher disse que um homem desconhecido estava junto do companheiro no dia e que os dois dormiram na casa dela. Para que a namorada não fosse acusada de envolvimento no homicídio, o homem confirmou ter sido autor do crime e relatou que matou o homem pelo fato da “boca de fumo” estar vendendo drogas para traficantes rivais, da cidade de Araújos, que haviam lhe ameaçado de morte.

Ele e o comparsa foram até a “Biqueira” ponto conhecido pelo tráfico de drogas e pretendiam matar o chefe da boca de fumo. No entanto, no momento dos disparos, três indivíduos correram para o matagal. Um dos componentes foi alvejado, um homem de 28 anos com tiros na cabeça e no ombro. Ele foi socorrido em Perdigão, mas faleceu nesta segunda-feira (13), quando já estava sob cuidados médicos no Hospital São João de Deus em Divinópolis. O autor ainda revelou aos militares que fugiu após efetuar os disparos com o comparsa e confirmou ter passado a noite na casa da namorada. Ao ser informado do homicídio, informou aos policiais que a vítima “não era o alvo desejado”. O homem e a namorada foram encaminhados para a Delegacia. As identidades dos suspeitos não foram informadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: