Militares feridos em confronto com bandidos no Centro-Oeste continuam internados

Postado em 06/12/2017 16:29

A Polícia Militar atualizou o estado de saúde dos militares baleados em confrontos com quadrilhas especializadas em explosão de caixas eletrônicos na última terça-feira (5) em Morro do Ferro (distrito de Oliveira) e Pompéu.

Alvejado por dois disparos de fuzil durante confronto em Pompéu, o Cabo Lucas Reis Rosa, de 27 anos teve o braço direito amputado na altura do ombro já que o disparo atingiu a artéria braquial.

Ele está internado na UTI do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte e passou por duas cirurgias.A situação do militar é considerada grave e inspira cuidados.

Já o Cabo Leonel Richs Aquino, de 33 anos, baleado em troca de tiros contra bandidos em Morro do Ferro (distrito de Oliveira) segue na UTI do Hospital Madre Tereza.

O estado de saúde dele é considerado estável, e não há risco de morte. Aquino inclusive está consciente e conversando. Existe a expectativa de que ele seja transferido para o quarto.

O projétil que o atingiu está alojado na altura do ombro direito, porém, não precisará ser retirado.

Além dos militares hospitalizados, outro militar e um jovem foram mortos na ação em Pompéu. Nesta quarta-feira (6), militares de todo o Estado fizeram uma homenagem ao Cabo Ozias Alves de Barros, de 33 anos e ao jovem Alisson dos Reis Pinheiro, de 22 anos.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: