Advogado de Pará de Minas foi morto em emboscada

Postado em 19/04/2017 6:50

A Polícia Civil em Pará de Minas concluiu, na última quarta-feira (12), o inquérito relacionado ao homicídio do advogado Arthur Wallace Barbosa Vieira, ocorrido no dia 30 de junho do ano passado. Foram indiciados Gustavo Henrique Muniz Nascimento de Oliveira, João Paulo Rocha Furlane e Michael Douglas Silva dos Santos.

De acordo com as investigações, João Paulo e Michael Douglas, a mando de Gustavo, que já se encontrava preso na época dos fatos, teriam se deslocado da cidade de Contagem até aquele município para cometer o crime. João Paulo, com o pretexto de efetuar um suposto pagamento à vítima por serviços prestados, teria marcado um encontro com o advogado no bairro Recanto da Lagoa. No local, a vítima teria sofrido uma emboscada e sido alvejada por diversos disparos de arma de fogo, vindo a falecer em decorrência dos ferimentos.

“Após a consumação do crime, diversas diligências foram realizadas pela Polícia Civil em Pará de Minas, sendo efetiva a contribuição de todos os policiais civis que participaram de todas as etapas das investigações”, afirmou o delegado Douglas Barcelos, responsável pelas investigações.

Os investigados atualmente se encontram presos.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
%d blogueiros gostam disto: