Materiais apreendidos pela Polícia Federal em imóvel de Aécio Neves são encaminhados para Brasília

Postado em 18/05/2017 15:33

Nesta manhã foi realizado um mandado de busca e apreensão em imóveis ligados ao senador Aécio Neves. 

A operação teve início logo após a delação feita à procuradoria geral da república pelo dono da JBS, Josley Batista. Segundo o Jornal da Globo, o presidente do PSDB durante um diálogo que durou cerca de 30 minutos surge pedindo o valor de R$ 2 milhões ao empresário, sob a justificativa da quantia para pagar com sua defesa da lava-jato. 

A irmão e assessora do senador Aécio Neves, Andréa Neves, foi presa preventivamente nesta quinta-feira (18), o mandado foi expedido pelo ministro Edson Fachin, relator da lava jato no STF. Ela foi presa em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Segundo a Polícia Federal durante o mandado de busca e apreensão em Cláudio, ninguém foi preso. 

Nesta manhã a Polícia Federal e o Ministério Público estiveram em duas fazendas em Cláudio. Uma do senador Aécio Neves e outra de seu primo Frederico Pacheco. Segundo informações da Polícia Federal, 16 policiais estiveram envolvidos na operação, que apreendeu materiais que serão enviados às Brasilia. Ainda segundo os delegados responsáveis pelo caso, outros detalhes não serão repassados no momento. 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
%d blogueiros gostam disto: