Conheça histórias de mulheres empreendedoras que superaram os desafios e hoje fazem sucesso

Postado em 10/01/2017 16:57

Crise faz desempregados se tornarem empreendedores. Pesquisa mostra que taxa de empreendedorismo no Brasil é a mais em 14 anos.

A empresária Carla Cristina, por exemplo, era professora e há dois anos resolver se especializar na área de confeitaria. A satisfação pessoal e profissional tem feito a diferença. Já a Lucineia Soares deixou a profissão de diarista e abriu uma clínica de estética. Depois de 11 anos no mercado ela possui uma empresa consolidada que hoje gera quatro empregos. Além da independência financeira, ela conseguiu conquistar a realização profissional. 

Motivados por histórias como estas, muitas mulheres tem buscado este caminho por causa do desemprego. Isso porque o setor feminino, como salão, estética e gourmet são os que mais crescem na economia. Porém abrir um negócio sem planejamento requer cuidados.

Uma pesquisa patrocinada pelo SEBRAE mostra que no ano passado, a taxa de empreendedorismo no país foi de 39,3% segundo o estudo, o maior índice dos ultimo 14 anos e quase o dobro do registrado em 2002, quando era de 20,9%. O estudo também revela que 56% dos empreendedores que estão criando ou já abriram uma empresa identificaram uma oportunidade.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
%d blogueiros gostam disto: