ACCCOM completa 22 anos na luta contra o câncer nesta terça

Postado em 20/03/2017 14:19

Nesta terça-feira, 21, o presidente voluntário da ACCCOM, Cel. Edmar Nilo de Campos, estará em reunião no Rio de Janeiro da ANSV – Associação Beneficiária Movimento Nacional para Salvar Vidas, na sede da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, para apresentar a evolução da obra do Centro de Diagnóstico, 1ª fase, Centro da Mulher e também para justificar a necessidade da Associação continuar recebendo doações dos certificados de capitalização do Centro-Oeste Cap e Invest Capitalização.

A construção, iniciada em 22 de março de 2015, encontra-se em fase de acabamento e tem a previsão de finalizar sua primeira etapa no segundo semestre de 2017.  No mesmo dia, as 14 horas, o gerente geral da ACCCOM, Igor Fernando de Oliveira participará 9º Seminário do Conselho de Saúde do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte, a convite do referido hospital, para compor o Conselho de Saúde deste.

Na mesma data, 21 de março, a Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas celebra 22 anos de existência. Haverá uma festividade no Hospital do Câncer, junto aos pacientes que lutam contra a doença. Será uma cerimônia breve, mas importante de ser lembrada e compartilhada junto aos que convivem com o câncer. Haverá um depoimento de paciente em tratamento, Maria Anete de Lima, de Nova Serrana; bênção e apresentação da Banda de Música da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, 23º BPMMG.

Segundo o presidente da Associação, “a ACCCOM sente-se orgulhosa de ter criado e disponibilizado para utilização do SUS – Sistema Único de Saúde, uma estrutura de tratamento radioterápico, agora dotada de dois aparelhos e com dois médicos radioterapeutas, capazes de atender a 160 pacientes por dia e com um projeto de expansão que fará do serviço uma referência nacional de atenção ao portador de câncer. Com muito orgulho, também é preciso divulgar que a Entidade conseguiu, em 2.016, elevar o grau de satisfação de atendimento às pessoas que convivem com o câncer, em quase todas as rotinas do diagnóstico e tratamento.

O acesso à primeira consulta, angustiante obstáculo de acesso às pessoas ao sistema de saúde em razão da grande espera em quase todos os centros de atenção oncológica, já não constitui mais motivo de ansiedade para as pessoas que buscam o tratamento no Hospital do Câncer de Divinópolis. Ao final de 2016, três competentes  oncologistas clínicos já respondiam pelo atendimento aos pacientes no Hospital do Câncer, desde a primeira consulta, em regime de tempo integral de serviço, cumprimento a parte inicial do projeto que prevê a atenção de, pelo menos, mais dois profissionais da área.

A fila de espera para cirurgias oncológicas que, via de regra, constituem a primeira parte do tratamento do câncer após o diagnóstico, hoje é mínima, graças, principalmente, ao estabelecimento de contratos de prestação de serviços firmados entre a Entidade e profissionais médicos cirurgiões. A hematologia oncológica clínica, depois de dificuldades ocasionadas pela ausência de profissionais médicos atendentes, encontra-se funcionando plenamente, graças às iniciativas e recursos da ACCCOM que contratou competente equipe de Belo Horizonte para atuar junto com a profissional do Hospital do Câncer.

ACCCOM participa do custeio da saúde do Hospital do Câncer de Divinópolis de uma forma bastante positiva, não só arcando com o pagamento de grande parte dos honorários dos profissionais envolvidos no combate ao câncer, mas também contribuindo para o ressarcimento das despesas de manutenção do sistema e de aquisição de materiais necessários ao seu bom funcionamento. E mais, a Entidade oferece ao portador de câncer, em forma de assistência social, a estrutura necessária à complementação do tratamento contra a doença naquilo que a saúde pública deveria prestar, mas não o faz, como psicologia, fisioterapia, odontologia, fonoaudiologia, reabilitação oral, nutrição, hotelaria e transporte, além do pagamento de exames de diagnóstico. É dessa forma, com responsabilidade, organização e transparência que utilizamos os recursos financeiros dos nossos doadores, imprescindíveis à sobrevivência da Entidade, sob todos os aspectos.”   

        

Em 22 anos, a ACCCOM, com a ajuda dos doadores e parceiros, construiu e oferece gratuitamente para a população:

        Nestes 22 anos já foram mais de 50 milhões de reais em investimento no tratamento oncológico das pessoas da região. A ACCCOM agradece a todos que tornaram este sonho, realidades: doadores, parceiros, imprensa, autoridades e ao parceiro Hospital São João de Deus. A comemoração é de todos! Informações: (37)3512.1500.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
%d blogueiros gostam disto: