Mano Menezes fala em desrespeito na demissão de Marcelo Oliveira

Postado em 25/11/2016 18:22

O comandante do Cruzeiro, Mano Menezes, tratou a demissão do técnico do Atlético, Marcelo Oliveira, como desrespeitosa pela parte do clube. O ex-atleticano foi mandado embora após a derrota para o Grêmio, por 3 a 1, nessa quarta-feira, no Mineirão. O gaúcho, entretanto, criticou o mercado brasileiro de um modo geral.

 

Confira a analise do pessoal da Resenha Esportiva:

 

“Embora se tratando do nosso rival, de forma geral sobre o assunto acho que estamos conseguindo piorar as coisas mais do que imaginávamos. Os treinadores estão sendo trocados com muita frequência. O Falcão caiu com cinco jogos, achei que tinha sido o recorde. E agora demitiram o técnico entre dois jogos de uma decisão. Acho mesmo uma falta de respeito. Mas isso são coisas que pertencem aos outros clubes, vamos deixar que eles resolvam”, avaliou.

Vale lembrar que o treinador, que critica o mercado neste momento, há um ano deixou o emprego que se mostrava estável no Cruzeiro rumo ao futebol chinês, durando por lá apenas seis meses.

A situação citada por Mano Menezes, da troca de comando no meio de uma decisão de Copa do Brasil, algo considerado por Marcelo Oliveira como “surpreendente”, foi explicada pelo presidente atleticano, Daniel Nepomuceno. O mandatário alvinegro tomou a atitude diante do futebol pouco eficaz do clube, afirmando que não houve liga no time, mas, sobretudo, para chamar a responsabilidade para si.

“Não joguei a toalha, eu trouxe a toalha pra mim. Vou ter uma conversa direta com os jogadores. Estou minimizando as desculpas. Não tem a terceira via. Era a maneira devida como o time jogou ontem (quarta-feira), era o último ato para eu falar: ‘Vamos ganhar este titulo'”, finalizou.

Fonte: ESPN.com.br

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: